“Microfisioterapia”

“Microfisioterapia”

A preocupação com o funcionamento e entendimento do corpo humano, sempre foi constante por toda a nossa existência, diversas nações foram as grandes responsáveis pelos avanços do conhecimento humano, em todas as suas áreas e aspectos. Foram desenvolvidos diversos tratamentos que possibilitaram a cura e regeneração de partes do copo, e hoje podemos encontra-las em qualquer parte do mundo, com uma estrutura bem apropriada, que permite uma boa execução destas diferentes alternativas medicinais. Muitas técnicas podem ser aplicadas para curar ou tratar alguns males, algumas podem atuar juntas, uma complementando a outra, no intuito de um melhor resultado. A fisioterapia é um bom exemplo disto, ela é fundamental no tratamento de diversos males ao corpo e a mente, pode ser aplicada em qualquer parte do corpo, e tem quer ser aplicada por profissionais altamente qualificados. Por ser tão abrangente e eficaz, a fisioterapia pode resolver múltiplos casos que comprometem o pleno funcionamento da estrutura corporal humana. Por ser de suma importância para o pleno funcionamento corporal, a fisioterapia também evolui, em 1983, na França, fisioterapeutas e osteopatas Daniel Grosjean e Patrice Benini desenvolveram uma técnica revolucionária, baseada em vários conceitos ligados a fisioterapia, é uma terapia manual que busca encontrar a causa primária de uma doença, que foi denominada como Microfisioterapia. Ela é bem específica pois atua na memória das células, doenças ou traumas que sofremos, fica registrados e são responsáveis por enfraquecer o nosso organismo. Sua atuação é para que seja eliminado esses indícios e fazer com o que o corpo funcionasse como novo. Esta técnica terapêutica inovadora, vem sendo muito procurada em várias partes do mundo, aqui no Brasil ela também ganhou muito espaço e bons locais para sua prática, como spas, centros de fisioterapias, e clínicas voltadas ao bem-estar e recondicionamento corporal. A microfisioterapia é capaz de identificar tecidos que perderam sua função e vitalidade normal após eventos agressores ao organismo. Ela é utilizada para melhoria do estado emocional, tratamento das dores, estimulação do sistema imunológico, promoção da saúde, prevenção de doenças, identificação da causa primária de um sintoma ou de uma doença, e muitos outros fatores.

angrarj

Deixe uma resposta